RÁDIO
WILIAN NASCIMENTO

Discografia

Pai, Você é 10

Single « Voltar para a página Discografia
  Faixas Duração Intérprete
1 Amigo de Todas as Horas 04:58 Bruna Karla
2 Meu Pai, Minha Escola 04:19 Anderson Freire
3 Herdeiro do Seu Amor 04:32 Marina De Oliveira
4 Amor de Pai 04:27 Regis Danese E Brenda Danese
5 Você é Pai 04:38 Fernanda Brum
6 Pai, Mais do Que Ontem Vou Te Amar 04:09 Wilian Nascimento
7 Sua Ausência, pai 05:06 Beatriz
8 Como Pai 03:43 Flordelis
9 Pai, Me Perdoa 04:54 Lea Mendonca
10 O Prêmio é Meu 03:52 Cristina Mel

A MK Music preparou uma linda homenagem para todos os pais: a coletânea inédita "Pai, Você é 10". O CD reúne 10 lindas canções nas vozes de Bruna Karla, Marina de Oliveira, Fernanda Brum, Wilian Nascimento, Cristina Mel, Beatriz, Léa Mendonça, Anderson Freire, Flordelis e Regis Danese.   Um dos destaques é a gravação de Regis Danese ao lado de sua filha Brendinha, numa interpretação tocante e singela da canção "Amor de Pai". Ela venceu um câncer e ouví-la cantar ao lado do pai é emocionante.   A cantora Bruna Karla abre o CD com a música "Amigo de Todas as Horas", uma baladinha que diz: “Pai, amigo de todas as horas, diz a verdade até se doer.../ Pai, espelho pra minha jornada, mamãe fez bem em te escolher”; seguida de Anderson Freire, que em uma homenagem emocionante, conta um pouco a história de seu pai para sustentar os cinco filhos. Outro destaque é a música "Sua Ausência, Pai", por Beatriz. A cantora perdeu seu pai este ano, e também faz uma linda homenagem.   A faixa "Herdeiro do Seu Amor", interpretada por Marina de Oliveira, foi escolhida pessoalmente por ela para homenagear seu pai, o deputado federal Arolde de Oliveira e diz: ”Quando eu precisei de um abraço, você estava lá para me dar. Quando eu precisei de um sorriso, você sorriu pra mim, me ensinou o que é ser feliz...”   A música "Você é Pai", de Beno e Solange de Cesar, é interpretada por Fernanda Brum e fala, em tom de reconciliação, sobre as lembranças queridas de uma filha e seu pai, assim como a música de Wiliam Nascimento fala sobre um pedido de recomeço entre filho e pai nos versos de "Pai, Mais Do que Ontem Vou Te Amar". O tom de perdão continua na canção de Léa Mendonça, "Pai, Me Perdoa", de autoria própria, que faz um paralelo entre o filho pródigo e um filho que pede a bênção de seu pai em sua volta arrependida.   O CD "Pai, Você é 10" ainda tem as lindas canções de Flordelis, que compara Deus a um pai em "Como Pai", de Beno César e Solange de Cesar, e da cantora Cristina Mel, que regravou a canção "O Prêmio é Meu".